Titulo Original: L'Exilé
Níger, 1980
cor 78'  
 
 

Baseado num conto tradicional africano.
Um rei tem por hábito ouvir os desejos dos seus súbditos circulando disfarçado nas ruas do seu reino. Um dia ouve dois irmãos sonhar em voz alta desposar
as suas filhas, mesmo que para tal ficassem sem cabeça um ano depois.
O casamento tem lugar e, passado um ano, o rei manda cortar a cabeça
a um dos irmãos. O outro foge à execução pressionado pela mulher. Numa longa viagem com várias peripécias, o nosso herói torna-se ele próprio rei
de uma aldeia, com mulheres e súbditos. Mas a promessa que fez ainda paira sobre ele e, para salvar a família, aceita ser sacrificado.

Cópia restaurada do negativo original.

Lingua: Djerma / Francês

Elenco
Oumarou Ganda, Zalika Souley, Damouré Zika

Realizador: Oumarou Ganda

Produção: Cabas-Films


Festivais
Fespaco 1981
Festival des 3 Continents

Versões: Legendado em Inglês e Francês

Disponibilidade: Por favor contactar TRIGON FILM - Walter Ruggle [info@trigon-film.org] - www.trigon-film.org

 
   
Oumarou Ganda (1931-1981, Níger)

Oumarou Ganda nasceu em Niamey, Níger, de etnia Djerma. Aos 16 anos, alistou-se no Corpo Expedicionário Francês no Extremo Oriente e participou na Guerra da Indochina. No seu regresso, foi forçado a emigrar para a Costa do Marfim, onde trabalhou como estivador. Aí encontrou Jean Rouch, que lhe propôs um pequeno papel em Zazouman de Treichville e o tornou protagonista de "Moi, un Noir". A partir da experiência da guerra, realizou o seu primeiro filme em 1969 (“Cabascabo”). Continuou a filmar nos anos 70, com reconhecimento internacional. A sua obra mais conhecida, "Le Wazzou Polygame" (1970) recebeu o Prémio de Melhor Filme no primeiro FESPACO. Para além da ficção, realizou vários documentários.
Nas suas homenagens póstumas incluem-se um Centro Cultural em Niamey - Le Centre Culturel Oumarou Ganda - e dá o nome a um dos prémios mais importantes do festival FESPACO - Prémio Oumarou Ganda.

Filmografia

Como realizador:
Le Niger au Festival de Carthage, 1980
L'Exilé, 1980
Cock Cock Cock, 1977
Saïtane, 1972
Le Wazzou polygame, 1970 - First FESPACO grand prize in 1972.
Cabascabo, 1969 - Special jury prize at the Moscow International Film Festival, International Critics' Award at Málaga, Honorable Mention at the Carthage Film Festival.

Como actor:
L'Exile (1980)
Babatu (1976)
Saitane (1973)
Le wazzou polygame (1971)
Cabascabo (1969)
Moi un noir (1958)
 
index +